quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Símbolos do Espírito Santo - 4º Dia


Da mesma forma que os nomes variados identificam o trabalho do Espírito Santo nas pessoas regeneradas pela fé no Seu Santo Filho Jesus, também, através dos muitos símbolos, Ele se faz representar.

Se, por acaso, Deus permitisse que as pessoas utilizassem imagens para O adorar, então, já não creriam pela fé, mas pelos seus próprios sentidos.

A fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem (Hebreus 11:1). Se é certeza de coisas que se esperam, como pode a pessoa ter fé em algo que está na sua frente? Como terá convicção de algo que não vê, se diante dela está uma imagem esculpida? Leia Isaías 40:18-23.

A Simbologia é usada por Deus porque jamais alguém vai desejar adorar água, por exemplo, ou vento, a chuva, o fogo. Estes elementos ajudam as pessoas  a liberar a verdadeira fé que está normalmente escondida dentro de cada uma delas. Os objetos mais simples foram usados por Deus para fazer liberar a fé das pessoas, mas de forma alguma serviram ou servem para ser objeto de adoração, porque isto deve ser exclusivamente em espírito e em verdade.

Vejamos e meditamos em alguns  símbolos do Espírito Santo:

Rio de água viva (João 7:38).
Vento (João 20:22).
Fogo (Êxodo 13:21).
Óleo (Êxodo 29:07).
Línguas (Atos 2:8).
Orvalho (Salmos 133:3).
Pomba (Mateus 3:16).
Selo (2Coríntios 1:22).
Chuva (Oséias 6:03).