domingo, 19 de agosto de 2012

Fruto: Alegria - 7º Dia


A alegria como fruto do Espírito Santo é muito diferente da alegria provocada pelo mundo. Ela não precisa ser provocadas por piadas, embriaguez ou coisa semelhante e nem se tem a sua duração limitada... A alegria que vem do Espírito Santo é poderosa! Ela brota dentro do infinito dos nossos corações e permanece eternamente.

A alegria é resultado natural de nossa salvação, a manifestação exterior de um bem-estar íntimo. A semeadura é quase sempre feita com lágrimas, mas a colheita é feita com alegria (Salmo 126.5-6). Quem é cheio do Espírito Santo transbordam de alegria mesmo quando enfrentam perseguições e dificuldades.