terça-feira, 10 de julho de 2012

Eu era Tia e não Educadora Cristã


Olá dona Graci,

Lendo o testemunho de uma educadora postada em seu blog, decidi dar o meu também.

Sempre fui tia da EBI, como bem disse, era ‘’tia’’ e não educadora cristã. Estava em dois grupos dentro da igreja, e quando o pastor disse para eu escolher entre os dois, não pensei duas vezes em deixar a EBI de lado.

Passado algum tempo, com a mudança de pastores, no dia eu que eu menos esperava, o novo pastor disse: a partir de hoje, você voltará e será auxiliar da responsável da EBI. Obedeci, mas fiquei em choque, chorei, pois amava o que fazia e voltar pra EBI, não era da minha vontade.
Graças a DEUS que foi a vontade de Deus que prevaleceu. Hoje três meses depois, não me vejo fora da EBI. Através desse trabalho, aprendi a amar os pequeninos  como nunca antes. Tinha coisas em mim, que não mudavam e eu sei que desagradavam a DEUS, e foi nesse meu envolvimento com os pequeninos que estou vencendo o meu eu, e amadurecendo.

De três meses para cá, sou uma Débora diferente, com uma nova visão, a chama que estava apagada dentro de mim reacendeu. As lutas continuam, mas Deus tem me usado como a muito tempo não me usava. Estou mais intima desse Deus.

D.Graci,  isso é para mostrar que é sempre melhor obedecer sem questionar, que em tudo Deus tem um propósito, a principio não entendia isso, mas hoje vejo que quando é a vontade de DEUS, prevalece e tudo da certo!

Que Deus abençoe,

Na fé Débora
Leme – interior de SP