quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A certeza do Chamado

Quando nasceu o desejo em mim de servir a Deus, eu estava na igreja já fazia muito tempo. Eu precisei quebrar muitas vezes a cara e ver o quanto a minha vida era sem graça, e foi quando eu cai na real e me converti para Deus. E, ao ver a dedicação de Deus por mim naquele tempo dos meus altos e baixos, através dos obreiros e pastores, foi criando um tipo de curiosidade sobre a obra de Deus. Toda aquela paciência, aquele amor que eu via e recebia da parte deles (as) era muito forte, não era algo comum pra mim, foi assim, que foi nascendo o desejo de servir a Deus... eu nem sabia direito o que significava isso... mas crescia dentro de mim um desejo de fazer mais para Ele.

O tempo foi passando e conheci o Força Jovem, foi aí que comecei entender e a conhecer algumas coisas sobre servir a Deus. Confesso que ouvi e vi muitas coisas boas e ruins de ser uma obreira e de servir na obra de Deus e, achei melhor não ser nada e, simplesmente servir a Deus e, seguir com o meu desejo guardado para não prejudicar a minha fé e colocar tudo a perder o que eu tinha ganhado com Ele. Mas eu estava redondamente enganada, eu poderia sim ser diferente e ganhar almas para Deus como obreira e servi-Lo, eu só teria que parar de olhar para as falhas dos outros e seguir olhando para o Senhor Jesus. Ele me levantou sem menos esperar, estava limpando a igreja na hora do almoço... o próprio Deus me chamou para o átrio.

Hoje eu posso dizer que meu tempo de obreira foi uma das maiores oportunidades que eu tive, não me arrependo. Foi no tempo de obreira que eu me defini sobre esse desejo que havia dentro de mim de servir a Deus. Ele me revelou que me queria no Altar, só que eu não sabia como chegaria lá... mas eu continuei, fazendo o que amava fazer não desviei os meus pensamentos, que era de ganhar almas e deixei Deus trabalhar (não forcei a barra). Sem menos esperar, meu esposo chegou em minha vida como um presente de Deus, e a hora chegou... tomei a decisão mas forte na minha vida depois de me entregar a Deus.... deixar tudo pra trás, para servir a Deus no altar. Não foi um mar de rosas, quando decidi fazer isso, porque tudo o que é bom não é fácil, só os perseverantes alcançam, principalmente quando você está nos planos de Deus e deixa Ele te guiar. Hoje estou aqui feliz em servir a Deus no Altar, ganhando almas fora do Brasil e nos planos de Deus.

Servir a Deus no Altar não é uma tarefa fácil, mas... uma vez você se dedicando, sabendo que você fez a escolha certa... Podem vir tempestades, dificuldades, um dia você está em um lugar, outro dia em um país, falando outro idioma, em um lugar sozinha, em outro com multidão... mas se realmente você ama estar no altar não tem tempo ruim. O que faz você permanecer é sua paixão por almas, é o seu desejo de Servir ao seu senhor e de não ser servida, (esse é o ponto que muitas se enganam, infelizmente, e só se dão conta quando chegam no altar e aí acabam retrocedendo), cuidado para não se enganar.

Mas é maravilhoso deixar ser usada por Aquele que um dia te salvou, te libertou e que agora você poderá ser um instrumento nas mãos Dele para salvar vidas.

Servir à Deus no Altar é ter os mesmos pensamentos de Deus (almas), não é ter desejos pessoais, é seguir e ser obediente ao seu Senhor. É nunca se cansar de dar, é não esperar reconhecimento do seu trabalho, é ser uma serva disposta a obedecer com alegria, é nunca achar que é alguma coisa, que fez isso ou aquilo, é sempre ter ambição de ser uma serva útil (dar 110%)... é ser um pedacinho do poder de Deus aqui na terra. A recompensa de quem serve a Deus não está aqui na terra... está lá no céu. Por isso, quem serve no altar como serva de verdade, ela não consegue ver dificuldades e sim solução... ela é uma benção, porque a sua vida está inteira no alto e não pela metade.

Se você tem esse desejo de servir a Deus, esteja consciente sobre isso (tenha os seus pés no chão, não tenha dúvidas), e espere Deus confirmar na hora certa esse chamado. Se você quer servi-Lo no Altar prove começando desde agora com atitudes, sendo de Deus e serva, não só na igreja, mas na sua casa, trabalho, escola, enfim, a onde você pode levar o Senhor Jesus... e você verá que não será em vão e Deus te chamará sem menos você esperar.