sexta-feira, 16 de julho de 2010

Noivado - Concretizado

Quando eu consegui entender que a tempo pra tudo, a minha resposta veio. Quando eu deixei as expectativas, e aproveitei o tempo que esperei para aprender, eu pude crescer com Deus, sem travas.

Eu aprendi que temos que aproveitar o tempo que é dado para nos ensinar e ao mesmo tempo não se acomodar. Em Eclesiastes 3:1-8, a palavra de Deus nos diz que "há para todas as coisas, um tempo determinado por Deus". Viver é um processo... È antes de tudo transformar-se.

As dificuldades inerentes à vida devem servir (sempre) para o nosso crescimento e para o acúmulo de experiências e não para nos tornar perdedores ou limitados. Frente a esta afirmação, todo aquele que segue à Deus e anda sobre os seus caminhos, deve sentir-se (ser) "mais que vencedor".

E foi assim, eu me coloquei no tempo de Deus. Já não tinha mais enxoval, estava concentrada de fazer o que Deus me pedia. Meu noivo e eu estávamos crescendo muito com Deus, depois das tolices e imaturidades que cometemos. Outra Fogueira Santa chegou... e essa não pedi nada para mim e sim para o povo. Meu sacrifício foi maior, além do financeiro, eu me entreguei completamente(espiritualmente), pelas pessoas que estava cuidado naquele tempo. Já próximo de entregar o meu voto, eu tive uma reunião de noivas com o Bispo Romualdo.

Já fazia tempo que não tínhamos reunião, tinha pouco tempo que o bispo tinha voltado para SP. Quando fomos chamadas para entrar na sala de reunião, eu vi o terno do bispo na cadeira na entrada. Participe da reunião, onde foi falado de fé pura. Eu sai daquela reunião com a minha fé em alta, crendo que nada era impossível pra Deus. E mais uma vez eu passei diante do terno do bispo, ele não viu, mas eu toquei no terno dele e determinei que eu estava pronta para o chamado de Deus para o altar(mesmo não tendo mais nada para casar), mas eu sabia que Ele iria prover. Algumas noivas me virão tocando no terno. Sei lá... me deu vontade de fazer algo para mostrar para Deus, para chamar a atenção Dele (do tipo eu estou aqui!). Sei que algumas me olharam na escada do tipo humm essa menina é maluquinha (coitada).

Depois de 15 dias foi liberado o meu casamento. Eu voltei na reunião de noiva e, o bispo perguntou se tinha alguém que seu casamento tinha sido liberado... algumas e eu levantamos a mão, e tenho certeza que algumas se lembraram de mim (da minha maluquice de 15 dias atrás). Quando seguimos o tempo de Deus... Ele nos abençoa. Assim que fiquei sabendo da liberação do meu casamento, eu precisei marcar para daqui um mês. Gente eu não tinha nem vestido, nem convite... eu só tinha os moveis que ainda estava pagando. Em um mês, eu ganhei tudo... a cada dia foi chegando o que eu precisava. Lembro que fui alugar o meu vestido e a dona ficou assusta(você quer um vestido, decoração para 1 mês??), pois é ela teve que trabalhar muito rsrs, mas até isso Deus abençoou, ela se colocou a disposição para me ajudar, mesmo sendo incrédula. Foi uma benção, eu mais uma vez... eu vi Deus na minha vida.
Existe um tempo para todas as coisas meninas... Essa é uma palavra bonita, fácil de ser dada como resposta, mas dura de ouvir quando se trata de coisas que buscamos.
Queremos respostas imediatas, queremos “passos” e práticas para alcançar o que desejamos.

Às vezes parece que Deus não ouve nossas orações. Temos a impressão de que ele se cala ou chegamos a pensar que não estamos pedindo a coisa certa (mesmo sabendo, pelas Escrituras, que temos pedido algo que Ele aprova).
Mas... a verdade é que “Deus tem um tempo certo para todas as coisas”. E não é um sadismo ou “pouco caso” de sua parte. Quando Ele nos faz esperar, é porque isso é o melhor para nós.
Deus nos faz promessas e responde sim as nossas orações, mas o tempo para que se cumpra é necessário para que sejamos aperfeiçoados (aperfeiçoar = tornar perfeito), mesmo sabendo que ainda não chegaremos a ser, mas sempre temos que ter esse objetivo. Deus é Pai e tudo o que Ele faz é para o nosso bem.

Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu: Tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou, tempo de matar e tempo de curar, tempo de derrubar e tempo de construir, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar, tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de se conter, tempo de procurar e tempo de desistir, tempo de guardar e tempo de jogar fora, tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amar e tempo de odiar, tempo de lutar e tempo de viver em paz.

Eclesiastes 3:1-8