sábado, 21 de setembro de 2013

Dia 22 + de Deus - de mim: Qual é a sua intenção?

Você sabe qual a característica de um filho de Deus?

Quero mostrar algo que vai te impactar! e você vai meditar comigo.

Caminhando Jesus e os seus discípulos, chegaram a um povoado, onde certa mulher chamada Marta o recebeu em sua casa.

Maria, sua irmã, ficou sentada aos pés do Senhor, ouvindo-lhe a palavra.
Marta, porém, estava ocupada com muito serviço. E, aproximando-se dele, perguntou: "Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude! "
Respondeu o Senhor: "Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas;
todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada". Lucas 10:38-42

Por quê Marta estava tão preocupada e inquieta? Ela estava querendo impressionar a quem? E por que Maria estava sentada aos pés de Jesus ouvindo o que Ele tinha para dizer? O que Maria estava querendo afinal? O Senhor Jesus deixa bem claro que Maria estava fazendo o correto e da maneira certa! Já Marta, estava buscando ser reconhecida de uma maneira completamente equivocada.

Como pode um filho(a) querer se esforçar tanto sendo que cresceu sendo criado pelo seu pai? se esforçar tanto para ser aceito como tal?

Um pai sempre olha para um filho com o mesmo olhar... o olhar de Pai!

Como é que um Pai se orgulha do seu filho? Pelo caráter e pela consideração que esse filho tem por ele, pois tem muitos pais que se envergonham de seus filhos, mesmo eles tendo vencido e conquistado muitas coisas, mas tem um péssimo caráter e nem o honram.

Teve um curto momento na minha vida que estava tão focada em fazer que já não estava participando da reunião de domingo pela manhã e, me enganava dizendo: Deus sabe o porquê não estou lá dando a primícias da minha semana diante do altar! Sabe o que aconteceu? No primeiro momento nada! mas depois de algum tempo percebi que, o que eu estava fazendo, parecia que ninguém dava a mínima, e que eu nunca era vista como merecedora de nada, e o pior não é isso!

Quando estava desabafando com Deus em prantos, o porque de tudo aquilo, me veio na minha cabeça aquele primeiro domingo, que deixei de buscar, e sai no meio da busca para fazer as coisas a qual tinha que prestar contas, e depois os outros domingos e, os meus momentos a sós com Deus, pois estava muito cansada, e tinha muitas coisas para fazer, minha vida estava virando de ponta cabeça! Eu me humilhei e reconheci e depois de um tempo, fui me levantando... mas tive que colher o fruto das minhas ações, mas agora estava consciente, e assumi minha posição de filha de Deus, e Deus me honrou, não que recebi algo dos homens não!

Mas recebi a plenitude do meu Deus na minha vida, aquele prazer nas primeiras obras, e não me preocupo mais o que as pessoas pensam de mim, pois tenho paz com Deus, e não é um pensamento positivo não! E sim uma vida entregada para Ele!

Hoje você vai rever seus valores, colocar prioridades na sua vida com Deus e, se proteger de tudo que quer tirar o foco da sua salvação e comunhão com Deus, como?

Pensar antes de aceitar fazer alguma coisa... Primeiro: ver se isso não vai comprometer os seus compromissos de buscar a Deus, de evangelizar, e nunca sacrificar seu momento de meditação e oração, Claro se você realmente quer continuar tendo + Deus.

E, levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu, e foi para um lugar deserto, e ali orava. E seguiram-no Simão e os que com ele estavam. E, achando-o, lhe disseram: Todos te buscam. Marcos 1:35-37

Se o próprio Senhor Jesus colocou a Deus em primeiro lugar... por que nós temos que fazer diferente Dele? Será que você tem mais coisas para fazer do que ter Ele? Mas sabe por que ele fazia a parte Dele?

Porque primeiro Ele era o filho de Deus, depois era o seu servo!

Fabiane Cunha