sexta-feira, 16 de maio de 2014

Geração do Altar Part. 7

Servas e não patricinhas

Você sabe o que é ser uma patricinha? No mundo significa: ser garota mimada, consumista, protegida pelos pais e modista.

Bom, você pode se perguntar, mas o que isso tenha há ver com a serie Geração do Altar? Bom, este assunto tem muito há ver com esta serie, e você verá como tudo acontece, tenha cuidado para não estar sendo uma ou, influenciada por uma patricinha.

Ela supostamente é uma serva, mas, o que faz ela ser patricinha é criar o seu mundinho na igreja. Ela quer ser mimada, quer ser amada por todos, por isso, usa os seus talentos dado por Deus para atrair pessoas para o seu grupinho... Uma vez ela estando protegida e amada, ela consegue influenciar as pessoas como ela quiser, chega ser ridículo, mas, essas patricinhas que se dizem servas, conseguem levar a outras pessoas a fazerem o que elas querem e não o que Deus quer. E mais! sua atenção é mostrar sua beleza exterior, ela gosta de seguir a moda, ela não pode ficar pra traz, se é lançado uma moda, ela é capaz de fazer de tudo para comprar o que ela quer, sair até da realidade dela (fica endividada), pois ela quer ser a primeira a mostrar que está na moda do momento.

As supostamente servas que são patricinhas, tem suas emoções no controle de suas vidas! querem se sentirem amadas, queridas e até mães espirituais, por isso, fazem de tudo para manter as pessoas (grupinhos) perto delas, seu discurso? é lindo, de boazinha e bajulação, e se há pessoas que querem estar perto dela e são um pouquinho mais cheinhas, não são tão modernas, então, ela simplesmente ignora com a desculpa que elas não estão no espirito. Sua vida é guiada pelo que ela vê nos demais, se ela vê uma esposa de pastor arrumadinha, cuidada e bem casada, ela quer ser esposa de pastor para andar igual, mas ela não sabe o quanto é santa a obra de Deus e nem sabe, o que se passa com uma esposa de pastor, só quem aprende a ver a obra de Deus como Santa, entende que é muito mais do que estar arrumadinha ou... se vê alguém que ela pode tirar proveito, ela quer ser amiga custe que custar e depois de usa-las descarta as amizades, o mais terrível é que ela não se dá conta e pensa que vive em uma total harmonia com Deus, são bem difíceis de reconhecer os seus erros e pensam que o seu jeito de ser é uma "modernidade espiritual", estão muito longe da realidade! 

Hoje no mundo e dentro da igreja, há muitas patricinhas espalhadas por aí e, muitas delas acabam chegando ao átrio ou até chegam no altar... são pessoas movidas pelas suas emoções, que não sabem se colocar no lugar das pessoas, que se preocupam demais com suas aparências e são mulheres que Deus não pode contar com total liberdade. Vivem preocupada com dietas, não são prendadas e reclamam demais.

Amigas! precisamos sim se preocupar com a nossa aparência, ter nossas amizades, mas, não formar grupinhos de patricinhas e nem, ser desequilibradas e emotivas e sim, mulheres de Fé e guerreiras do Altar!

Patricinhas colocam carga em cima das pessoas, cobram perfeição e entram em contradições com suas próprias palavras, porque não vive o que pregam... e, as servas de Deus, tiram carga de cima das pessoas, estão a disposição para ajudar as pessoas, seja gordinha, magrinha, colorida e etc (para elas todas são iguais), simplesmente ela é serva, simplesmente ama ter os seus pés no Altar, sem sair da realidade delas, pra elas, não importa o que acham delas, usam a razão e tem, um único objetivo nessa vida em tudo que faz: SALVAR.