segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Servas e nada mais – 22º à 24º Dia

Olá amigas de fé, me desculpe por está escrevendo atrasada, pois peguei uma gripe forte e não estava passando bem… agora estou aqui :-)

Maturidade

Nós falamos que uma das coisas que precisamos trabalhar é em nossa confiança em Deus, deixar de querer fazer ou agir da nossa maneira e fazer o querer de Deus. Isso doe, é uma renuncia ter que deixar o barro secar, não é verdade? Mas o que ganhamos com isso? além da nossa confiança ficar mais forte em nosso Senhor? Ganhamos Maturidade!

Servas e nada mais precisam também adquirir maturidade e, isso não é o Espírito Santo que vai lhe dar. Quem vai lhe dar maturidade são os desertos, as aflições, as atribulações, os problemas que vocês enfrentarão sozinhas. Por isso, você tem passado por tantas dificuldades, Deus quer lhe dar maturidade. Se tudo fosse tão rápido e fácil de se resolver não ganharíamos maturidade.

O tempo faz adquirir maturidade, e para adquirir precisamos entregar todas as nossas ansiedades nas mãos de Deus, e não é fácil porque é a nossa natureza humana, por isso é doloroso ter que entregar, mas não é impossível quando queremos agradar a Deus.

Quando Deus compartilha grandes coisas conosco, mas se estamos verdes (imaturas), corremos o risco de dar lugar à ambição (as nossas vontades). A ambição engana o coração, nos levar as emoções, porque começamos a ouvir a nossa vontade e deixamos de ouvir a Deus. Todo fortalecimento e avanço espiritual (maturidade) dependem de morrermos para as nossas ambições (as nossas vontades) e fazer a vontade do nosso Deus.

Quando isso acontece e saímos aprovadas, ganhamos mais maturidade, deixamos de ser meninas na fé e aprendemos cada vez mais lhe dar com as situações e pessoas. Vemos as coisas com menas ilusões, e naturalmente conseguimos nos colocar no lugar das pessoas. Mas não acaba por aí, a maturidade não acaba, sempre estaremos em processo pois é necessário para continuamos a caminho da Salvação. Quando penso que já possuo a maturidade, descubro que tenho que amadurecer muito mais.

“Tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus”. (Rm 8:28).

Hoje e amanhã você vai agradecer a Deus pelas lutas, desertos e dificuldades que você vem passando, vai foca mais no querer de Deus e não em suas emoções.

A oração pela igreja será por todos os bispos, pastores e auxiliares da IURD que Deus venha dar amadurecimento espiritual e capacidade para levar a Salvação em todo mundo.