domingo, 13 de abril de 2014

Quer ser mãe Espiritual? Part.3

Ás vezes, talvez você se pergunte: pra que sirvo? O que é que tenho de valor? Por que não sou usada mais por Deus? Por que não vejo frutos bons em minha vida?

Será que talvez você não está deixando de fazer o seu papel? De ser mãe Espiritual? Está deixando de fazer aquilo que você poderia fazer com a direção de Deus, mas você sabe que se fizer não haverá tanta platéia para aplaudir você e daí você quer fazer o que todo mundo faz. Será que realmente você pensa que está indo no caminho certo? Deus quer tanto usar você, mas talvez falta você pensar! falta você se voltar pra Deus e fazer o que Ele quer e não o que você acha que quer.

Você é valiosa e serve a um propósito. A presença de cada uma de vocês influencia toda a vida ao seu redor; vocês estão trazendo mudanças para o mundo. No entanto, isto não precisa ser o foco da sua atenção! Vocês não precisam focalizar os outros para fazerem a diferença! O segredo é que cada um precisa se focalizar apenas em si mesmo e na integridade do seu ser em sua vida com Deus. Ao se preencher com uma consciência amorosa, uma aceitação de quem você é e qual é o seu papel (Mãe espiritual), você cria o canal através do qual a luz (Deus) vem facilmente para você e flui automaticamente para os outros também. Você realmente só precisa prestar atenção a si mesmo, para cumprir o seu papel aqui na Terra.

Ser mãe espiritual é muito mais do que falar, falar, pregar e pregar, muito mais... é acreditar que aquele filho vai nascer pra Deus não importa a situação precária que ele esteja, é ter paciência e perseverança, é entender o plano de Deus, é entender o tempo de Deus, mesmo que as vezes tenha vontade de desistir daquela alma, mas ela se mantém gerando com todas as suas forças...

“Filhinhos meus, por quem de novo sinto dores de parto, até que Cristo seja formado em vós”. Gálatas 4.19

Quer ser mãe Espiritual? Part.1

Quer ser mãe Espiritual? Part.2