terça-feira, 24 de maio de 2011

Os ventos e degraus

‘’Faze-lhes também calções de linho, para cobrirem a pele nua; irão da cintura as coxas.’’(Êxodo 28:42).

Os calções de linho eram peças importantes no vestuário do sacerdote, seu lugar eram debaixo da túnica e diretamente sobre a pele, com origem da cintura as coxas. Sua principal função era não deixar que a nudez do sacerdote aparecesse, sendo que duas coisas poderiam fazer isso acontecer: os ventos e os degraus que deveriam subir.
Por se tratar de uma peça que ficava oculta (intima) aos olhos das pessoas, só o sacerdote e Deus a viam; estes calções nos falam das coisas particulares entre nós e Deus.
A bíblia fala de determinadas coisas que deveriam ser feitas na particularidade de nossos quartos e com a porta fechada, a oração é um exemplo de algo que diz respeito a nós e a Deus somente, leia Mateus 6:6.


Os fariseus fizeram da oração uma forma de ostentação, mas o Senhor Jesus disse que ela é algo intimo, porém seus frutos serão públicos assim como os frutos de uma árvore, mas estes frutos só são possíveis devido a raiz que ninguém pode ver. A grande importância desta vida de intimidade com Deus vê-se nos momentos em que os ventos sopram e eles sopram para todos. As ventanias das adversidades fazem com que as túnicas das exterioridades se levantem e mostrem o que existe em baixo delas.
É exatamente na hora das adversidades que as cascas da religiosidade caem e fica somente o que é autêntico. 
O que mantém uma árvore de pé durante uma tempestade não são as folhas e sim as suas raízes; é uma vida de intimidade com 


Deus que impedira que passemos vergonha na ventania.
Outro momento delicado era quando subiam os degraus, pois quem estivesse sem os calções passava vergonha. Subir degraus fala de sermos levados a uma etapa da vida, sermos levados a algo a mais, a algo maior. A falta de preparo tem feito com que muitos passem vergonha no momento em que são elevados ou sobem um degrau. Quando estavam em baixo parecia que estava tudo em ordem, mas foi só coloca-los um degrau acima e viu-se que era só aparência, pois faltava algo em baixo.
Então cultivemos, pois essa intimidade com Deus e vamos nos vestir com os calções da oração, porque duas coisas nos esperam: ventanias e degraus, feliz são aqueles que se preparam para eles.

‘’ Feliz aquele que vigia e toma conta de sua roupa, a fim de não andar nu e não ficar envergonhado em público.’’ Apocalipse 16.15

Autor desconhecido