segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Pedra no Sapato - Parte5


O ato de deixar tudo para última hora

Dizem que a pressa é inimiga da perfeição. Essa é a frase preferida dos procrastinadores, que são aqueles que deixam para depois de amanhã o que poderia ter sido feito hoje.

Segundo o dicionário “Aurélio”, procrastinação é o ato ou efeito de adiar, delongar algo que poderia ser feito naquele momento. Mas o que leva realmente uma pessoa a adiar compromissos e tarefas?? Seria somente preguiça ou há algum fator emocional por trás disso??

 “O ser humano adia tarefas única e exclusivamente por que não acredita em si mesmo, e porque se sente incapaz de concluir algo, muitas vezes porque seu subconsciente está focado em uma decepção sofrida, experiências que lhe desencorajaram, deixando que as emoções os bloqueiam (você não consegue fazer isso agora, deixa para amanhã). E pode ter sido algo pequeno, mas que abalou a pessoa de alguma forma. E daí ela tem medo de errar, medo de que não dê certo novamente e, assim aumente sua frustração. Por isso vai adiando os compromissos, por mais simples que sejam”.

Como lidar com essa pedra no sapato?

Assumir o problema é o primeiro passo: “Antes de mais nada, assumir que ele existe, depois, vencer a si mesma e acreditar que pode vencer aquelas barreiras naquele momento. Faça de tudo para cumprir promessas, porque uma promessa cumprida abre a possibilidade para novos desafios, novas conquistas, pois o ser humano é movido por aquilo que realiza. O nosso ser pede espaço para o fazer e, assim,dar sentido à vida.”

Quase perdeu a viagem

A personagem Scarlet O´hara, do filme “E o vento levou”, imortalizou a célebre frase: “Pensarei nisso amanhã.” Se nos folhetins e na tela do cinema isso pode soar como poesia, na vida real pode trazer transtornos. Que o diga a diretora editorial Tania Jorge. Ela estava com quase tudo pronto para viajar para os Estados Unidos. Passagens, reserva em hotéis, só deixou para depois um item importante: o visto de entrada no país. “Deixei para depois, achando que seria fácil, mas foi muito difícil. Corria o risco de perder tudo o que havia gasto. Lembro que fiquei nervosa, apreensiva, mas o passaporte chegou, só que um dia antes do embarque. Nem preciso dizer que foi uma tensão enorme, uma ansiedade terrível, mas valeu a pena, pois tirei boas lições de que nunca devemos deixar nada para a última hora. Devemos nos preparar com antecedência para não correr riscos que possam prejudicar planos e sonhos”, relata.

Qualidade de Vida

É claro que uma vez ou outra temos tendência a deixar algo para resolver depois. Isso é normal, no entanto, não pode ser uma regra em sua vida, quem resolve as pendências no tempo certo aproveita mais a vida. “Aquele que resolve as coisas em seu devido tempo é uma pessoa livre para fazer outras coisas. Não vai deixando que situações se tornem uma bola de neve, até se tornar uma avalanche de questões mal resolvidas. Quem faz tudo no tempo determinado, terá mais tempo para ficar com a família, de aprender mais coisas, de fazer mais para Deus e para você e terá sua consciência tranquila, pois quem fica adiando as coisas, não alcança o que espera”.

Lembre-se: se você deixa coisas pequenas para a última hora, imagine as grandes!!! Você nunca poderá crescer em sua vida e em sua fé, tendo essa pedra no sapato. Você precisa vencer amiga essa situação, não deixe que as emoções de conforto de achar que no final da tudo certo, façam parte da sua vida. Faça tudo o que você puder fazer hoje, não deixe nada para amanhã. Só o que for preciso.