quarta-feira, 13 de julho de 2011

Medo e Covardia - part.II (final)


Pois é, ela me fez a seguinte pergunta e respondi: Senhora eu não sei falar inglês (e eu ali falando com ela em inglês) e ela disse: ok senhora no problem. Naquele momento me veio na mente: De novo Graciele!!! Sempre vai haver situações que a insegurança vem e, você sempre vai fugir??? Agora você entende o porque não posso te usar da forma grande que eu quero???

Gente!!! Eu participei da reunião do meu esposo naquele dia lá trás (fugindo), e a mulher no primeiro banco, eu sabia que eu estava errada, ela olhava para os lados e ninguém falava inglês. E eu fiquei ali vendo o quanto eu era covarde, mesmo servindo à Deus. Acabou aquela reunião pela manhã, e fiquei o dia todo arrasada, e pensamento do tipo: Viiu você participou da reunião do Sisterhood que foi falado da insegurança e, de como vencer... e olha só o que você fez!... você ouviu tudo, mas não é corajosa o suficiente de agir!

Naquele mesmo dia eu fui na cozinha que tem em baixo da igreja e, aproveitei que meu esposo não estava e, dei um grito,  eu já não aguento mais tantas insegurança falado em minha mente!!!
No outro dia a mulher veio pra reunião e me deu oi e sentou, e todos aqueles pensamentos de insegurança martelando a minha cabeça. Meu esposo começou a reunião e quando ele começou a pregar, eu sai da onde eu estava sentada e, sentei ao lado dela e ela sorriu pra mim. Quando me levantei, eu fui tomada por uma valentia que eu nunca tinha tido e, me sentei com ela e, falei que eu ia traduzir, mas que não era uma tradução HUAHUA, mas eu ia fazer aquilo. E fiz!!!

Aos domingos tenho saído para evangelizar com ela. Todas vezes que ela chegar, ela vem falar comigo e toda aquela ridícula vergonha foi para o espaço. Eu não aceito mas fugir de nada! nada!
Nós sempre estaremos em situações que nos levar a agir com valentia, se nós não fazemos nada e ficamos sempre esperando... esperando melhorar, esperando por alguém... esperando ser menos tímida, esperando ser mais madura... esperando, esperando e esperando... Você até pode saber tudo na teoria, saber toda a história de Gideão, Moises e de vários outros personagens da Bíblia, se você não fazer nada, mesmo servindo a Deus... você será mais uma. Por isso, não temas! Não pense muito! O que Deus colocou no seu coração para fazer, vai lá e faça!

O revoltado faz e não espera! Ele escuta a voz de Deus e executa!