sábado, 1 de setembro de 2012

Fruto: Bondade e Fidelidade - 13º e 14º Dia


Desculpe meninas! por ter atrasado os estudos aqui no blog. Mas continuarei mesmo assim, pois sei que assim como eu, muitas de vocês estão aprendendo mais sobre os frutos :-)

Bondade

A Bondade é mais uma forma de amor e se assemelha à benignidade... é tolerante e não mede sacrifícios para ajudar e fazer valer a força do amor pelo seu semelhante. Esse fruto pode ser praticado não somente pelos cristãos, mas também por qualquer pessoa que nada tem a ver com o Sr.Jesus. Se esta modalidade de amor é possível para aqueles que não provaram o dom do Espírito Santo, quanto mais para os que tiveram uma experiência pessoal com Deus – deve ser uma obrigação!

Aquele que é bom nunca olha somente para si mesmo, mas também para os outros, querendo ajudá-lo.

Fidelidade

É muito interessante cada particularidade da expressão do amor, porque podemos notar que, em cada fruto que foi explanado até aqui, há um complemento ao anterior, como se um círculo fosse fechando. Cada um na dependência do outro, e todos expressando somente um, que é o amor.

Não há amor sem que haja fidelidade, assim como não há fidelidade se não há amor... a fidelidade faz parte do caráter leal do amor, razão pela qual a fidelidade é o amor em exercício.

O Espírito Santo tem acompanhado a fidelidade de cada um de nós, especialmente quando as coisas não vão como esperamos. É muito mais fácil demostrar a fidelidade enquanto tudo vai bem, porém, quando o céu está escuro e a tempestade começa a desabar, quando  todas as portas se fecham e ninguém procura estender a mão e somente o desespero é companhia – a nossa fidelidade é provada e provocada! Porque ser fiel dentro da igreja não é nada, é fora dela que o caráter fiel é provado!

“Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida (Apocalipse 2:10).