quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

“Palavrinhas Mágicas”



Ser educado é uma opção ao alcance de qualquer pessoa. Quem nunca ouviu falar sobre as “palavras mágicas”? Elas nada mais são do que tudo aquilo que os pais e professores ensinam para as crianças serem bem educadas.

Elas têm um poder tremendo e surtem efeito pelo resto da vida, criando uma imagem positiva, principalmente na fase adulta. Quem não admira um “obrigado”, um “por favor” ou até um “com licença”. Parece algo simples, mas é utilizando essas palavrinhas que se consegue abrir muitas portas e descobrir grandes tesouros que muitos nem sabem que existem.

Muito se pode mudar nos relacionamentos utilizando essas palavras. As relações entre as pessoas, nos dias de hoje, estão estranhas e distantes. O impessoal se confunde com a falta de educação. As pessoas têm pressa porque tempo, hoje, significa dinheiro.

O mais interessante é que os grandes empresários, atualmente, estão reformulando o atendimento de suas empresas porque descobriram que os bons clientes exigem não só rapidez, mas postura educada e atenção.

O ser humano está perdendo o hábito de dizer “bom dia”, “boa tarde” ou “boa noite”, pois para algumas pessoas, demonstrar afeto é meio démodé. Os mais experientes entendem que, quem planta, colhe, e está sempre com crédito, pois aquele que faz bons amigos, raramente está só. É como um boomerang que vai, mas volta, sempre. É questão de tempo. Economizar cortesia não é sábio. “Semeia pela manhã a tua semente e à tarde não repouses a mão, porque não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas.” Eclesiastes 11:6.

Arca Universal