quarta-feira, 14 de abril de 2010

Recente experiência na Obra - parte 2



Tudo tinha começado bem. A sede era grande de ver o trabalho avançar, os primeiros 3 meses trabalhamos unidos. Estávamos envolvidos com as coisas do Espírito.

Só que eu, comecei a ver atitudes dos meus companheiros que eu não gostava, e fui deixando pra lá… no inicio. Mas sem menos perceber, eu comecei a julgar na minha cabeça… eu achava que não estava bem aquelas atitudes. Foi quando eu resolvi falar. Eu fui primeiro até a minha companheira, e falei… Mas ela não gostou nadinha e muito menos eu (não se entendemos), ali começou o meu erro, começou a bola de neve. Hoje lembrando dessa situação, eu teria que ter cortado o mau pela raiz… mas não, sai revoltada com aquela situação.

Depois daquela conversa, já não nos falávamos bem. Morávamos juntas e trabalhávamos juntas, mais nada!!! Só o suficiente que falávamos. No meu mundo de Bobys, eu acha que estava certa, eu já não conseguia tolerar o seu jeito e nem ela o meu. A situação foi ficando feia, porque a bola de neve envolveu o meu esposo e o esposo dela. Já não havia mais clima entre nós.

Finalmente sentamos todos para conversar e resolver esse problema, porque já estava afetando o nosso trabalho. Veja como o diabo trabalha, com coisinhas ridículas como essas, que não só afeta a nós mesmos, como também as almas. Mas a conversa não resolveu, é triste dizer, mais nenhum reconheceu que estava errado claramente(estávamos cegos).

Depois dessa conversa eu já sabia que isso estava piorando, por mais que orava não era o suficiente, eu precisava agir da forma certa. Mais eu não aceitava que estava tendo olhos maus... ao meu ver, estava tudo errado da parte deles, mais não achava que era eu… era eu que estava redondamente errada.

Fui falei com meu esposo: Vamos fazer diferente. No outro dia, eu fiz de tudo para agradar, mais o diabo é tão desgraçado… que meus companheiros não se importaram. Aí eu pensei, esta vendo… não adianta, eu desisto. Na verdade eu teria que ter continuado, mais quando temos maus olhos, qualquer reação contra é a famosa resposta: está vendo eu tentei, mais….

Passou algumas semanas, e foi a vez deles, de fazer tudo por nós... e sabe como nós reagimos?? Igualzinho as atitudes que eles tiveram com a gente.

Quando perdemos o temor, perdemos tudo. Não adianta orar, tentar mudar. Se você não reconhece, mesmo que aos seus olhos, você está certa, não adianta, Deus fica impedido de agir. Quando chegamos a esse ponto é muito triste, porque tudo faz mau para você, uma palavra, uma atitude, e nos leva olhar tudo com os maus olhos, com julgamento. Hoje, eu não entendo o porque deixei chegar até a esse ponto.

Eu nunca tinha passado por isso, eu sempre gostei de conviver com muitas pessoas, eu já tinha ouvido falar um pouco dessas situações, mais nunca, imaginei que poderia acontecer comigo.

A situação cresceu tanto, que precisamos sair de lá, já não tinha mais controle. No mesmo dia que sai de lá, eu falei com Deus, se fosse para perde minha salvação, eu preferia sair de lá. E foi o que aconteceu.

Mais Deus é maravilhoso… e Ele sabia o que estava fazendo. A misericórdia Dele me fez enxergar o meu grande erro, que muitas das vezes muitos acham, que julgar e ter maus olhos não é tão grave assim. Mais para quem quer servir a Deus é um erro gravíssimo… ele te faz ficar amarrada no seu mundinho, e não só isso, você deixa de ouvir a voz de Deus. Como uma pessoa assim pode dar algo? Pode ganhar almas? É impossível!!!

Estarei continuando no Sábado, você vai saber o que me ajudou a sair dessa situação… é eu precisei decidir, eu tive que começar tudo de novo.