quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Servas Saudáveis: "A importância de não consumir refrigerante"

Olá pessoal,

Esta semana estarei falando diretamente com os amantes dos refrigerantes, mas antes de você começar a criticar, saiba que é uma escolha sua de seguir cuidando da sua saúde ou não,

Fiz uma pesquisa mais detalhada para que vocês possam entender o que o refrigerante faz com o nosso corpo, particularmente eu deixei de tomar a mais de sete anos, mas foi pouco a pouco, não foi de uma hora para outra, sei que é pouco polêmico o assunto,

Uns dizem que há anos tomam refrigerante e nunca afeto a saúde, mas sinceramente não quero pagar o preço, sabendo que posso ter uma qualidade de vida melhor e saudável.

Se você quer cuidar da sua saúde vale a pena você saber um pouco mais sobre este assunto,

Vamos começar...

Orientação Nutricional;

A bebida não contém nenhum valor nutricional e está repleta de cafeína, corantes e conservantes, além de altas taxas de açúcar. As versões light, apesar de estarem livres da substância, contêm adoçantes artificiais, cujo consumo também não traz benefícios ao corpo.

Os refrigerantes produzem uma verdadeira revolução no organismo e, em apenas uma hora, conseguem alterar a pressão, levar embora nutrientes essenciais para o organismo e ainda ajudam o corpo a acumular gordura. Saiba o que acontece desde o momento que a bebida entra na boca, até 60 minutos depois, 

Primeiros 10 minutos: quando se toma uma lata de refrigerante (350 ml), cerca de 10 colheres de chá de açúcar chegam ao estômago, quantidade que corresponde a 100% do que é recomendado diariamente. O doce seria extremo e poderia causar até vômitos, mas isso não acontece devido à presença do ácido fosfórico que reduz esse gosto.

20 minutos: o nível de açúcar no sangue está em excesso, forçando uma grande liberação de insulina pelo pâncreas, hormônio que facilita a entrada da energia em nossas células. Como há uma descarga grande de açúcar, ácido fosfórico e inúmeras toxinas, o fígado fica sobrecarregado, transformando o açúcar que recebe em gordura.

40 minutos: a absorção da cafeína presente na bebida está completa. As pupilas dilatam, a pressão sanguínea sobe, o fígado responde bombeando mais açúcar no sangue. Os receptores de adenosina, que controla a energia no organismo, no cérebro são bloqueados para evitar tonturas.

45 minutos: o corpo aumenta a produção do neurotransmissor dopamina, estimulando os centros de prazer do corpo. Fisicamente é a mesma reação provocada pela heroína.

50 minutos: o ácido fosfórico empurra cálcio, magnésio e zinco para o intestino grosso, acelerando o metabolismo. As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina.

60 minutos: as propriedades diuréticas da cafeína entram em ação. Você urina. Agora é garantido que eliminará cálcio, magnésio e zinco, nutrientes essenciais para o funcionamento de vários órgãos, como coração, e ossos. Conforme vai reduzindo a satisfação proporcionada pelo açúcar e cafeína, inicia-se uma queda dos níveis de açúcar no sangue. Você começa a ficar irritadiço ou sonolento.


Malefícios do refrigerante:
- Osteoporose. O consumo de bebidas excessivamente doces potencia o risco de sofrer de osteoporose, devido à ação do ácido fosfórico, que impede a correta absorção do cálcio, enfraquecendo os ossos. Um estudo da Tufts University descobriu que mulheres que bebiam apenas 3 refrigerantes por semana tinham uma perda óssea média de 4% (em regiões como os quadris), a mais que ao grupo de mulheres que ingeriam outro tipo de bebida.

- Obesidade. O consumo de refrigerantes está amplamente associado ao aumento de peso e à obesidade. Naturalmente, o aumento das calorias consumidas leva ao aumento de peso, mas, mesmo os refrigerantes diet podem ocasionar este problema.
Recentes estudos demonstraram uma associação entre o os refrigerantes sem açúcar e o aumento da cintura.

- Diabetes. Um estudo feito com 90 mil mulheres mostrou que, as que ingeriam uma ou mais bebidas com açúcar (como sucos ou refrigerantes), estavam mais propensas a desenvolver diabetes tipo 2. As bebidas com açúcar aumentam o nível de glicose em jejum e a resistência à insulina.

- Infarte. Pesquisadores da Universidade de Harvard descobriram que o consumo diário de uma bebida com açúcar aumenta em 20% as chances de sofrer um ataque cardíaco durante um período de 22 anos. Este risco aumenta conforme a quantidade de bebidas doces consumidas diariamente.

- Triglicerídeos. Mesmo que a pessoa não aumente seu peso, os refrigerantes com açúcar podem ser prejudiciais para a saúde cardiovascular, especialmente nas mulheres. As mulheres que consomem bebidas com açúcar são mais propensas a desenvolver níveis elevados de triglicerídeos.

- Cáries. O açúcar contido nos refrigerantes transforma qualquer consumidor em alvo perfeito de cáries dentária.

- Cálculos renais. A maior parte dos refrigerantes contém oxalato, que pode ocasionar problemas como cálculos renais.

- Insônia. Os refrigerantes também podem provocar transtornos do sono -como insônia- devido aos altos índices de açúcar que contêm.

- Gastrite. A enorme concentração de açúcar, aditivos e o Ph ácido podem provocar transtornos digestivos, como a gastrite.


Para as próximas semanas estarei dando dicas de sucos naturais.


Se vocês gostaram da matéria deixem o seu comentário.