quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Rótulos que mudam os conteúdos

Ela é muito jovem com o desejo de servir a Deus no Altar, mas o seu amor é puro e, disposto em servir a Deus. Ela está de obreira e de repente acontece dela ficar noiva de um auxiliar, tudo novo na vida dela! Mas ela confia em Deus. O tempo vai passando, ela vai se preparando em todos os sentidos para um relacionamento sério e também para fazer a obra no Altar... ela se casa, e em sua cabecinha pensa que sua mala de experiências e aprendizado está completa para a Jornada em servir a Deus. A alegria dentro dela é enorme e daí, ela começa sua caminhada em ganhar almas.

Suas amigas obreiras e pessoas da igreja ficam pra trás, pois seu destino agora é bem diferente, ela agora terá amigas esposas que será uma benção... passando semanas e meses, seu jeitinho jovem começa aparecer e, atitudes inocentes que as vezes é visto de uma forma que não é legal também. Daí começa os comentário ruins dela: por que ela está fazendo isso? Por que ela falou isso? Por que ela é assim? E sem ela saber ela se torna uma mulher rotulada. A onde ela vai, a fama dela vai na frente, e ela começa a ter dificuldades.

Nós mulheres temos esse erro, de montar um circo sobre alguém simplesmente com comentários e críticas. Essa situação é uma das muitas que se acontece em nossas vidas, as vezes por inexperiências e falta de maturidades acabamos sedo rotuladas de uma maneira ruim pelos demais ou ajudamos a rotular a outros.

Todas nós já fomos e somos rotuladas por alguém, por isso, precisamos ser mais compreensivas e ter os olhos bons para com o nosso próximo... Se eu vejo uma atitude de alguém que mostra imaturidade e etc, por quê não se aproximar dela e buscar ajudar ou ensinar? Ou se alguém chegar pra mim falando horrores de alguém que vou conhecer, por quê não decidir olhar com os meus olhos quem a pessoa é e, não com os olhos e comentários dos outros?

A mulher de Deus tem imperfeições! Mas isso não tira o seu brilho ou deixa ela menos de Deus. Hoje em dia se ver tantas mulheres agradando tudo e a todos para não ser rotuladas e, infelizmente isso só tem prejudicado elas mesmas.

Não tem como deixar de ser rotulada, mas por que não fazer a nossa parte antes de ter que criticar alguém? Ir até a pessoa e ajuda-la ou, dar a oportunidade de conhecer a pessoa com os seus olhos, que você ouviu falar coisas tão ruins dela?

Quem rotula muito os demais e faz o impossível para não ser rotuladas, não tem o prazer de conhecer pessoas que realmente são de Deus e preciosas, que talvez não tiveram pessoas dispostas em ajuda-las ou ensina-las.

Hoje em dia é mais fácil resumir que os demais é problemático do que ter paciência e ser usadas para ajudar. Vamos focar em que o Senhor Jesus nos ensinou: “Amaras o teu próximo como a TI MESMO, quer dizer se eu me amo, eu não vou acabar com a reputação do meu próximo... eu vou me colocar no lugar dele e entende-lo, buscando ajudar.